LO: a palavra dita e as canções faladas, de Napoleão Mira, no encerramento do festival